PAST PERFECT (2019)

  • Experimental
  • 23min

Uma associação livre de ideias, sob a forma de um diálogo mudo entre dois estranhos que não são visíveis, são acompanhadas por uma série de imagens subjetivas, dissonantes e também elas estranhas por apresentarem uma realidade que se reconhece mas que parece distorcida, adoecida talvez. Esta é uma viagem íntima pelo subconsciente dos nossos narradores, da partilha de um estado de depressão, melancolia e saudade em relação ao passado, enquanto olham para o presente. Temas como o estado do mundo atual, o poder de uma canção e o seu contexto, a Alemanha da Weimar, os momentos anteriores à Primeira Guerra, são todos eles pretextos para um percurso histórico e pessoal por preocupações atuais. Nas suas próprias palavras, Jorge Jácome apresenta o filme como “um balanço e um ponto de situação”, sobre o que faz e para onde quer seguir no cinema, tendo como base essa perceção da origem da melancolia: “A melancolia, para mim, é uma coisa muito mais individual e pessoal, por isso é tão difícil de explicar”. “Past Perfect” é uma adaptação da peça de teatro “Antes”, de Pedro Penim, na qual Jorge Jácome tinha trabalhado a componente visual. O realizador reescreveu o texto original, adaptando-o às suas interrogações pessoais e ao contexto cinematográfico. Depois de ter estreado no Festival de Berlim, o filme venceu o prémio principal do Festival de Curtas Metragens de Hamburgo e o Grande Prémio de Curta Metragem da Competição Internacional no IndieLisboa. (JA)

An associative chain of ideas, under the form of an imaginary silent dialogue between two strangers that we cannot see, followed by a variety of subjective, dissonant images in their turn also a bit strange as they depict a recognisable reality, in spite of its distorted, almost sickly, character. This is an intimate journey to our narrators’ subconscious, who share a state of depression, melancholy and longing for the past, as they look into the present. Topics such as today’s world, the power of a song and its context, the Weimar Republic, the moments before the 1st World War, all of these serve as an excuse to map a route of personal and historical concerns about the present. This is how Jorge Jácome describes his film: “an assessment and a sitrep” of what he’s doing and where he wants to go film wise, based on his view of the origin of melancholy: “In my opinion, melancholy is something very personal and individual, and that’s why it’s so difficult to explain”. “Past Perfect” adapts a play by Pedro Penim, “Antes”, in which Jorge Jácome had previously worked the visual elements. The director rewrote the original text adapting it to his personal interrogations and cinematic context. After its debut at Berlin Film Festival, the film won the main award at Hamburg Short Film Festival and IndieLisboa’s Short Film Grand Prize. (JA)

Director

Jorge Jácome

Producer

Jorge Jácome

Language

English

Subtitles

Portuguese

Country

Portugal