O MILAGRE DE SANTO ANTÓNIO (THE MIRACLE OF SAINT ANTHONY) (2012)

  • Documentary
  • 40min

“mi·la·gre (substantivo masculino): 1. Facto sobrenatural oposto às leis da Natureza. 2. Portento, maravilha, prodígio. A benção dos animais que decorre todos os anos em meados de junho, na aldeia de Santo António de Mixões da Serra, no Gerês, tradição segundo a qual os agricultores locais levam os seus animais para a Igreja, parece em tudo um facto oposto às leis da natureza, com uma missa dedicada a estes animais. Pelo menos por uma vez os animais têm também direito a participar no culto, lado a lado com os santos, e o espectáculo insólito de uma procissão de cavalos a serem abençoados é uma pequena maravilha visual. Sergei Loznitsa, realizador ucraniano que alterna entre o documentário e a ficção e muitas vezes procura um equilíbrio entre os dois, é um dos autores com mais presenças na competição internacional do Curtas, e premiado em 1999 pelo filme “Life Autumn” e em 2001 por “Polustanok”. Mais interessado nas pessoas e nos seus costumes do que propriamente no milagre enunciado, Loznitsa volta a explorar através de um olhar curioso as possibilidades de um filme focado em rostos anónimos, uma multidão de devotos que ganha assim relevo. Acompanhando este ritual de forma solene, este é um retrato sincero de como uma tradição ancestral é ainda hoje celebrada, reunindo a comunidade e os seus animais nas ruas desta aldeia na montanha. Este filme foi produzido pelo Curtas Vila do Conde no âmbito do ESTALEIRO, uma plataforma contínua de programação cultural entre 2010 e 2012, que teve como objectivo criar um pólo de criatividade, agregando criadores e público em diferentes momentos. Durante estes dois anos, o ESTALEIRO produziu diversos filmes, organizou workshops e exposições, e proporcionou diversos concertos na cidade de Vila do Conde.”

“miracle (noun): 1. Supernatural fact opposite to the laws of Nature. 2. Portent, wonder, prodigy. The blessing of animals that takes place every year in mid-June, in the village of Santo António de Mixões da Serra, in Gerês, a tradition according to which local farmers take their animals to the Church, seems in everything to be contrary to the laws of nature, with a religious mass dedicated to these animals. At least once, animals are also entitled to participate in the cult, side by side with the saints, and the unusual spectacle of a procession of horses being blessed is a small visual marvel. Sergei Loznitsa, an ukrainian director who alternates between documentary and fiction and often seeks a balance between the two, is one of the authors with most presences in the international competition of Curtas, and awarded in 1999 for the film “Life Autumn” and in 2001 for “Polustanok”. More interested in people and their customs than in the enunciated miracle, Loznitsa returns to explore through a curious look the possibilities of a film focused on anonymous faces, a crowd of devotees who thus gain prominence. Accompanying this ritual in a solemn way, this is a sincere portrait of how an ancestral tradition is still celebrated today, bringing the community and its animals together in the streets of this mountain village. This film was produced by Curtas Vila do Conde under ESTALEIRO, a continuous platform for cultural programming between 2010 and 2012, which aimed to create a hub of creativity, bringing together creators and audiences at different times. During these two years, ESTALEIRO produced several films, organized workshops and exhibitions, and provided several concerts in the city of Vila do Conde.”

Language

Portuguese

Subtitles

English, French