LUTAR, LUTAR, LUTAR (STRIVE, STRIVE, STRIVE) (2021)

  • Documentary
  • 1h 50m

Apesar das aparências, este não é só um documentário sobre um clube de futebol, mas antes sobre a cidade de Belo Horizonte durante o séc. XX, com todas as suas complexas dinâmicas familiares, raciais e territoriais. “Lutar, Lutar, Lutar” é uma carta de amor, assumidamente apaixonada, de dois adeptos ao seu clube de sempre, sem direito a qualquer contraditório, que procuram dar voz a vários discursos que foram sendo censurados e silenciados ao longo de décadas. O filme de Sérgio Borges e Helvécio Marins Jr. propõe uma forma narrativa que remete para as práticas de espectorialidade eminentemente futebolística. Sem imagem, cabe-nos imaginar os movimentos e trajetórias dos corpos em busca da baliza adversária. Esta estratégia narrativa também concretiza um desejo de ficção, de reescrita da história em função de memórias subjetivas vividas de forma intensa. (PC)

Despite appearances, this is not just a documentary about a soccer team, but rather about the city of Belo Horizonte during the 20th century, with all its complex family, racial and territorial dynamics. “Strive, Strive, Strive” is a love letter, openly enamored, from two fans to their lifelong beloved team. Without leaving any room for opposing discourses, they seek to give voice to various speeches that have been censored and silenced over the decades. The film by Sérgio Borges and Helvécio Marins Jr. proposes a narrative form that essentially points to practices of football spectoriality. Without images, it is up to us to imagine the movements and trajectories of bodies in search of the opponent’s goal. This narrative strategy also materializes a desire for fiction, for the rewriting of history according to vivid subjective memories. (PC)

Language

Portuguese

Subtitles

English

Countries

Brazil, Portugal

Studios

Canabrava Filmes, Fractais, ESPN

Bonus Content

Entrevista - Helvécio Marins & Sérgio Borges (Miguel Dias)