LOS LADRILLOS (2020)

  • Documentary
  • 19min

O evento que nos conduz pela narrativa de “Los Ladrillos” ocorreu no 1º de maio de 1886, quando as greves de trabalhadores paralisaram Chicago e outras cidades, na luta pela jornada de 8 horas de trabalho e pelo direito de organização sindical. O realizador Tito Montero, que também tem no seu percurso a literatura, escolhe o escritor uruguaio Eduardo Galeano como um dos seus guias numa exploração da paisagem social e política dos Estados Unidos da América, onde se vê e se ouve a força latente do trabalho de pessoas ligadas pelas línguas de origem latina. A viagem de Montero a Chicago é o pretexto para estudar as condições e implicações históricas das lutas dos trabalhadores, que persistem no tempo e se refletem na sua própria vivência. Através da análise das fotografias e das histórias que herdou da sua família, que relaciona e confronta com “footage” de filmes que reconhecemos do universo da ficção e do documental, mas também da Internet, que o realizador define como um “arquivo fílmico global”, Tito Montero apresenta-nos um ensaio cinemático pessoal e simultaneamente universal sobre a pós-memória. (CA)

The event that leads us through the narrative of “Los Ladrillos” took place on May 1st, 1886, when the labor strikes paralyzed Chicago and other cities, in the struggle for the 8-hour workday and the right to unionize. Director Tito Montero, who has also dabbled in literature, chooses Uruguayan author Eduardo Galeano as one of his guides in an exploration of the United States of America’s sociopolitical landscape, where the latent power of the work by people connected by languages of Latin origin can be seen and heard. Montero’s trip to Chicago is the excuse to study the historical conditions and implications of the workers’ struggles, which persist over time and are reflected in his own life. Through the analysis of photos and stories he inherited from his family, which he connects and confronts with film footage we recognize from both the fictional and documentary universe, but also from the internet, defined by the filmmaker as a “global film archive”, Tito Montero presents a film essay at once personal and universal on post-memory. (CA)

Director

Tito Montero

Producer

Tito Montero

Language

Spanish

Subtitles

English, Portuguese

Country

Spain