A GLÓRIA DE FAZER CINEMA EM PORTUGAL (THE GLORY OF FILMMAKING IN PORTUGAL) (2015)

  • Fiction, Documentary
  • 16min

Partindo de um facto histórico no mínimo curioso – uma carta que José Régio escreveu a Alberto Serpa, manifestando o interesse de fundar uma produtora para começar a fazer cinema –, em A Glória de Fazer Cinema em Portugal, Manuel Mozos ensaia um documentário falso onde reconstrói um possível envolvimento na arte cinematográfica de um dos intelectuais portugueses mais importantes, José Régio. Com um argumento exemplarmente urdido pela escrita de Eduardo Brito, o filme concretiza, de facto, aquilo que poderia ter sido uma das mais curiosas experiências cinematográficas do cinema português. Um exercício historicamente efabulado, mas que, por isso mesmo, nos deixa a navegar pelas possíveis cronologias alternativas da História. Este filme foi produzido pela Curtas Metragens CRL, no contexto do seu programa Campus, envolvendo alunos de escolas de cinema do Porto. (Daniel Ribas)

Starting from a historical fact at least curious - a letter that José Régio wrote to Alberto Serpa, expressing his interest in founding a production company to start making cinema -, in The Glory of Filmmaking in Portugal, Manuel Mozos rehearses a fake documentary where he reconstructs a possible involvement in film art of one of the most important Portuguese intellectuals, José Régio. With an exemplary screenplay by Eduardo Brito, the film actually materializes what could have been one of the most curious cinematographic experiences of Portuguese cinema. A historically fabled exercise, but one that, for that very reason, leaves us to navigate the possible alternative chronologies of History. This film was produced by Curtas Metragens CRL, in the context of its Campus program, involving students from film schools in Porto. (Daniel Ribas)

Language

Portuguese

Subtitles

English